jusbrasil.com.br
1 de Março de 2021

Preconceito linguístico

Quão grave é o preconceito linguístico?

Nathan Castaño, Estudante de Direito
Publicado por Nathan Castaño
há 11 meses

O Brasil é o 5º maior país em tamanho de território e de população, tamanha grandeza resulta em uma grande variedade de culturas e povos num mesmo local.

Infelizmente no Brasil é comum o preconceito entre pessoas, e um preconceito recorrente é o preconceito linguístico.

Para fazer essa atividade publiquei em minhas redes sociais e falei com amigos que tipo de preconceito eles já haviam sofrido, as consequências e motivos que eles acreditam que motivam tal preconceito, com base nessa pesquisa pessoal, identifiquei que em sua grande maioria o preconceito acontece com pessoas do norte e nordeste, por conta da maneira “arrastada” de falar, que automaticamente quando identificada já começam as piadinhas, tais como: “ Nordestino preguiçoso”, “Fala direito Baiano”, “Vai dormir”, dentre outras piadinhas que viraram comuns principalmente nas maiores cidades do país que são: São Paulo e Rio de Janeiro.

Como resultado dessa frequente “perseguição” com a maneira de falar, muitos nortistas e nordestinos acabam tendo que repensar a vinda principalmente para a região sudeste, justamente por conta do preconceito que sabem que vão sofrer só por serem de norte e nordeste, e quando mesmo assim, resolvem vir para cá buscando novas oportunidades, muitas vezes se veem obrigados a mudar a maneira de falar ou agir para minimizar as piadinhas de mau gosto, julgamentos, estereótipos e preconceitos.

Falei também com pessoas da região sudeste sobre o que elas pensavam sobre pessoas do norte e nordeste, e infelizmente não tive nenhuma surpresa ao perceber que a grande maioria das pessoas tem a mesma impressão que todo nordestino é preguiçoso, menos estudado, que só serve para serviços braçais ou domésticos.

Tudo isso acarreta em muitos problemas para as pessoas que sofrem com esse tipo de preconceito, tais como a dificuldade de encontrar bons empregos, menores salários, ofensas gratuitas, até mesmo piadinhas de internet direcionadas ao povo nortista e nordestino.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)